Blog

Você não tem um Sistema de Custeio

Você sabe o que é um sistema de custeio? Que informações ele gera? Para que serve? Ter contabilidade significa ter um sistema de custeio?

Ao abordar um gestor sobre um sistema de custeio, é comum que ele afirme que sua empresa já o possui. Muitas vezes, o que a empresa realmente tem é um controle das entradas e saídas do caixa, o faturamento por produto ou cliente, uma contabilidade organizada, um controle dos impostos a pagar e o custo total do período.

Quer saber qual a diferença entre esses controles e um sistema de custeio? Quais informações importantes eu estou deixando de gerar ao controlar meu negócio sem ele? Confere aí:

Controle de entradas e saídas do caixa

Por vezes, as empresas têm um efetivo controle do fluxo de caixa e por este motivo entendem ter um sistema de custeio. É importante esclarecer que o fluxo de caixa registra todas as entradas e saídas, verificando ainda se haverá capacidade de pagamento das despesas no curto prazo. No entanto, não entende se as vendas estão gerando resultados, não identifica ineficiências e seus impactos nos custos dos produtos.

Depreciação

Muitas empresas utilizam as informações contábeis da depreciação para obter benefícios fiscais. No entanto, a utilização desta informação não deve ser restrita a esse fim. É muito comum empresas contarem com muitos itens já 100% depreciados. Contabilmente, isso atende a legislação, mas, gerencialmente, deve-se considerar o valor gerencial do ativo para precificação e custeio gerencial dos processos. Isso implica em entender quanto de fato dura um ativo, independentemente da regra fiscal, ou qual o valor de um ativo equivalente. Através de um sistema de custeio gerencial, esta questão é abordada e considerada para fins de acompanhamento e projeção de resultados.

Contabilidade organizada

Na contabilidade, os custos indiretos são classificados como despesa, não sendo alocados aos produtos. No entanto, sabemos que as áreas de apoio só existem para suportar a operação, ou seja, “trabalham para os produtos”, então devem ter seu custo considerado na hora de custear os produtos. Além disso, caso a empresa esteja tomando decisões que prejudiquem seu desempenho, o Sistema Gerencial de Custos mostra isso imediatamente, enquanto os sistemas de contabilidade só mostrarão isso em um período posterior, quando pode ser tarde demais.

Faturamento por cliente e produto

Através do controle das notas fiscais, é possível saber quais foram os clientes e produtos responsáveis por cada parcela do faturamento da empresa. É importante, porém, saber o custo referente a cada produto, para que se saiba qual a margem de contribuição desses, ou seja, quanto do faturamento efetivamente sobra em forma de lucro para a empresa, e a contabilidade tradicional não fornece essa informação. Para compor o custo de cada produto, é preciso entender em que proporção cada um deles consome os recursos operacionais e de apoio da empresa. Todos consomem da mesma forma? Como saber isso sem um entendimento dos processos e da operação?

Impostos corretos

Para o cálculo dos impostos a pagar, basta que se saiba o faturamento por produto da empresa e o custo total do período. Porém, cabe ressaltar que, na hora de precificar seus produtos, o montante a ser pago em impostos deve ser considerado. Como o preço dos produtos geralmente é definido pelo mercado, cabe à empresa reduzir os seus custos para que a margem de contribuição do produto cubra o valor de tributação a ser pago.

Custo total do período

Saber se a receita da sua empresa cobre os custos do período já é uma informação importante. No entanto, sem estratificar o custo por processo, por produto, por cliente, não há embasamento suficiente para saber, por exemplo, onde reduzir custos e onde investir mais. Essas informações são de extrema importância para analisar a eficiência da empresa e manter um bom desempenho dos processos.

Entendeu a importância de um Sistema Gerencial de Custos? Agora que você viu as informações que se pode gerar para melhorar a gestão do seu negócio, contrate a Parametrus para estruturar esse sistema de forma personalizada com você!

Elisa Oliveira Ballvé e Rafael Fontoura Andriotti

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Posso ajudar?